Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Uso de polietileno reciclado em tubulações ganha impulso no Brasil

12 de abril de 2019
https://www.braskem.com.br/imgreen/braskem-e-valoren
3º Prêmio de Inovação e Sustentabilidade PSPatrocinador Diamante
Compartilhe nas Redes Sociais

A utilização de polietileno de alta densidade reciclado, proveniente de resíduos pós-indústria e pós-consumo, em tubulações corrugadas para a drenagem de águas pluviais está se tornando uma realidade no Brasil. Isso porque, em projeto junto à Tigre-ADS, quatro laboratórios do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) trabalharam no desenvolvimento de um documento que serviu de referência técnica para a Diretriz Sinat n°13, que inclui requisitos, critérios de desempenho e métodos de avaliação técnica para esse tipo de produto. Atualmente, a maioria das normas brasileiras de tubos plásticos permite apenas a utilização de resina virgem e material reprocessado originado de processo próprio de produção. A elaboração de uma diretriz no âmbito do Sinat tem justamente o objetivo de avaliar o produto, que é inovador na cadeia nacional, já que não existem normas técnicas prescritivas específicas aplicáveis a ele. “O uso de polietileno reciclado em tubulações corrugadas já é uma realidade para a empresa ADS, que produz estes tubos nos Estados Unidos.

Aqui no Brasil, existe uma desconfiança no uso de material reciclado na construção civil, por conta de experiências anteriores que foram mal conduzidas”, explica Simone Nakamoto, pesquisadora do Laboratório de Instalações Prediais e Saneamento do IPT. “Esse estudo quebra paradigmas pois estabelece, no Brasil, parâmetros de matéria-prima, qualidade, resistência, desempenho e instalação de um produto de construção civil com percentagem de material reciclado”, completa Daniel Setrak, responsável pelo laboratório. O estudo durou um ano e envolveu pesquisas e visitas técnicas, a fim de conhecer tanto o processo produtivo dos tubos no exterior quanto na planta de produção brasileira, além da realização de diversos ensaios em amostras produzidas com diferentes percentagens de polietileno reciclado. A diretriz Sinat n°13 prevê, inicialmente, a utilização de tubos produzidos com polietileno reciclado apenas em empreendimentos privados.

Retorne à lista de matérias do Plástico Sul News # 109

Assine a nossa Newsletter:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Criação de sites: Conectado
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram