Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Embalagens térmicas doadas pela Termotécnica farão transporte de amostras para testagem do Covid-19 em Joinville, sede da empresa

18 de maio de 2020
Compartilhe nas Redes Sociais

A Termotécnica integra-se à atuação da Tupy e de outras empresas e entidades privadas que estão colaborando com a Secretaria da Saúde do Município de Joinville com recursos para o combate ao Covid-19. Maior transformadora de EPS (poliestireno expandido, mais conhecido como isopor®), da América Latina, a companhia está disponibilizando caixas térmicas fabricadas com este material para transporte de amostras de sangue coletadas nas dependências do Centro de Triagem em espaço montado no ginásio da Associação Atlética Tupy, para envio à Florianópolis para testagem do vírus. “É importante fazer parte desse esforço conjunto para que Joinville, sede da nossa companhia, supere essa pandemia com as vidas preservadas”, diz o presidente da Termotécnica, Albano Schmidt.

Os produtos doados são contêineres de 14 litros com parede dupla, que acomodam os materiais clínicos com os acumuladores de frio (gelo em gel) para garantia de estabilidade térmica. O EPS do qual são produzidas as caixas, é um material totalmente inerte e resistente à umidade, proporcionando o nível máximo de higiene e garantindo os prazos de validade aos produtos fármacos e amostras acondicionados. Estão sendo usadas em substituição aos coolers em plástico rígido, permitindo zerar este custo, além de eliminar despesas também com fretes de retorno, já que o EPS é one-way e pode ser 100% reciclado no local de destino.

Com 39 patentes de inovação em soluções de embalagens e experiência no desenvolvimento e fornecimento de soluções para o mercado fármaco há mais de 20 anos, a Termotécnica produz linhas de caixas térmicas e de berços para ampolas em EPS adequadas à norma brasileira de isolamento térmico. É fornecedora para campanhas de vacinação nacional como a do H1N1, com caixas térmicas que abrangem rotas de até 120 horas, soluções que têm sua performance comprovada por qualificações realizadas em laboratórios especialistas do segmento.

Aprovadas pelo médico infectologista, Dr. Luiz Henrique Mello, que assessora a Tupy na instalação e operação do Centro de Triagem, a demanda de quantidade de caixas térmicas é feita pela Secretaria Municipal de Saúde. Albano Schmidt assegura: “Por suas propriedades, o EPS oferece estabilidade e segurança em toda a cadeia na área de saúde garantindo que os materiais de coletas para exames ou medicamentos e vacinas cheguem em segurança aos hospitais, laboratórios e postos de atendimento.”

Retorne à lista de matérias do Plástico Sul News # 138

3º Prêmio de Inovação e Sustentabilidade PSPatrocinador Diamante

Assine a nossa Newsletter:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Criação de sites: Conectado
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram