Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Paraná: segmento do plástico qualifica mão de obra

23 de junho de 2014
https://www.braskem.com.br/imgreen/braskem-e-valoren
3º Prêmio de Inovação e Sustentabilidade PSPatrocinador Diamante
Compartilhe nas Redes Sociais

O segmento de transformados plásticos é um dos principais fornecedores de produtos e soluções para praticamente todos os segmentos da economia e um dos que mais vem sofrendo com o “apagão da mão de obra”.

Para minimizar este problema e inserir diversos jovens no mercado de trabalho paranaense, o SENAI - São José dos Pinhais, sob a coordenação do Sindicato das Indústrias do Material Plástico no Estado do Paraná (Simpep) desenvolveu projeto piloto de aprendizagem oferecendo curso gratuito e específico para as empresas do setor.

O projeto, que está inserido no Programa Jovem Aprendiz, tem como objetivo a elevação da mão de obra do setor e o cumprimento da Lei 10.097, que determina cotas de aprendizes para indústrias.  

“Esta é uma iniciativa extremamente importante para o setor industrial do plástico, que incentiva a contratação e o cumprimento da lei, respaldada em uma das políticas públicas de maior relevância para promoção da inserção do jovem no mercado de trabalho”, ressalta a presidente do Simpep, Denise Dybas Dias (foto).

Para garantir a máxima eficiência na formação destes jovens, o Simpep contribuiu com orientações específicas sobre o setor para definir o perfil profissional dos aprendizes e as competências necessárias para atender às reais necessidades das empresas.

De acordo com a gerente do projeto no SENAI, Tais Mire Ferreira L. Lopes, é também uma forma de “aproximar as indústrias das comunidades, uma vez que a indicação dos alunos é realizada pela empresa, recrutando jovens das comunidades vizinhas ou parentes de colaboradores que já trabalham no segmento”.

SEGMENTO DE PLÁSTICO 

Atualmente, o Paraná é o quarto estado brasileiro em número de empregados: são 25.343 funcionários formais, representando 7,2% do total de empregados no setor do país.

No estado, a cidade de Curitiba ocupa a segunda posição em número de funcionários, com 3.390, atrás de São José dos Pinhais com 3.995, acompanhado por Londrina (2.925), Maringá (1.034) e Cascavel com 962 empregados.

 O setor de transformados plásticos tem como projeção de crescimento para 2014 1,8% na produção física, que significa um aumento nominal de 8% e real de 2% na produção em valores, o crescimento deve ser de 9% no consumo aparente de transformados plásticos e de 2% no nível de emprego.

Informações sobre o curso

Curso: Operador de Processos de Transformação de Plásticos

Local: Escola do Plástico – SENAI – São José dos Pinhais

Carga horária: 900 horas/aula (3 semestres)

Competências: Auxiliar na operação e preparação de máquinas de termoplásticos e fabricação de produtos. Identificar as principais unidades da máquina, controlando processos de produção e condições do produto, manipulando materiais de transformação por meio de reposição de matérias primas, seguindo procedimentos de trabalho e normas de saúde, segurança e meio ambiente.

Assine a nossa Newsletter:

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Criação de sites: Conectado
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram